top of page

O que é PIF e como evitar em gatos da raça Bengal?

A Peritonite Infecciosa Felina (PIF), é uma doença viral infecto-contagiosa, sistêmica, imunomediada, progressiva e fatal que afeta não só os gatos domésticos, mas também outros felídeos. É considerada hoje a principal causa infecciosa de morte dos gatos domésticos, pois seu diagnóstico definitivo é difícil e muitas vezes confirmado apenas após a necrópsia. 


É causada por uma mutação in vivo do coronavírus entérico felino (FCoV), pertencente à família Coronaviridae, nominado vírus da peritonite infecciosa felina (VPIF). 


Somente os animais infectados e com uma baixa resposta imune celular estão sujeitos à mutação, o que acontece em 5 a 10% dos animais. Os gatos imunocompetentes raramente desenvolvem a doença, podendo ocorrer a mutação após fatores de estresse, como mudança do ambiente, rotina, entrada de um novo animal, entre outros. A consequência da infecção pelo FCoV pode não ser conhecida durante anos, uma vez que o vírus pode permanecer com menor taxa de replicação. O resultado da infecção é influenciado pela resposta imune do animal, quanto menor a resposta, maior será a taxa de replicação viral. 


Todos os gatos são suscetíveis a infecção pelo VPIF, porém a incidência é maior nos animais jovens, na faixa etária de 3 meses a 3 anos de idade, e nos idosos.

Outros fatores que influenciam o aparecimento da PIF são estresse, susceptibilidade genética, superpopulação em gatis e abrigos, doenças intercorrentes como FIV e FeLV, capacidade imune, uso de fármacos imunossupressores, dentre outros. 


O VPIF é sensível a detergentes e desinfetantes comuns e resiste no ambiente por semanas. A transmissão do FCoV acontece por via oro-fecal. O vírus é adquirido por meio do contato direto de gatos não infectados com fezes de um felino portador, geralmente pelo uso mútuo da liteira. Raramente ocorre a transmissão por lambedura, vetores hematófagos e uso compartilhado de vasilhas e bebedouros. 

 

Comments


bottom of page